segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Google, pesquisa e afins.

Os poucos gatos pingados que seguem este humilde Blog (e os outros tantos que o visitam eventualmente) sabem que o buscador do Blogger permite acessar postagens a partir de palavras-chave, conquanto o resultado não seja lá muito satisfatório. Então, para vasculhar os mil duzentos e tantos textos já publicados, ou você escolhe o ano e o mês e clica no título de seu interesse (na coluna à direita, “Arquivo do Blog”) ou insere o(s) termo(s) desejado(s) no campo de pesquisa do Google (que eu adicionei logo abaixo do nome do Blog, neste novo layout) e tecla ENTER. Curiosamente, o leque de resultados costuma ser mais abrangente quando a pesquisa é feita diretamente na página do Google, com os termos cheve seguidos de um espaço, da expressão site: e do URL pretendido (por exemplo, segurança site:http://fernandomelis.blogspot.com).
Não custa lembrar que o motor de busca do Google muda de comportamento diante de algumas variáveis, e sem prejuízo do que já vimos em http://fernandomelis.blogspot.com/2008/05/dicas-de-busca-no-google.html, http://fernandomelis.blogspot.com/2009/02/mais-dicas-do-google.html e http://fernandomelis.blogspot.com/2009/02/dicas-de-busca.html, vale dar uma olhadinha nas dicas a seguir:

1- Colocar conjuntos de palavras entre aspas leva o sistema a procurar exatamente aquelas palavras (na mesma ordem em que foram digitadas), conquanto o Google já utilize a ordenação e leve em conta, por padrão, o fato de as palavras terem sido escritas naquela ordem.


2- Colocar um sinal de menos antes de uma palavra indica que você não deseja que os resultados exibam páginas que contenham a palavra em questão. O sinal de menos deve aparecer imediatamente antes da palavra e ser precedido por um espaço: em “couve-flor”, por exemplo, o sinal de menos não será interpretado como um símbolo de exclusão, ao passo que se você digitar “couve -flor, a pesquisa levará em conta ocorrências de "couve" em sites que não apresentem a palavra flor. Note que o sinal de menos pode ser usado para excluir mais do que palavras (você pode colocá-lo antes do operador "site:", por exemplo (sem espaço), para excluir um site específico dos resultados de pesquisa.


3- O asterisco (*) é um recurso pouco conhecido, mas muito útil: incluí-lo numa consulta leva o Google a considerá-lo como um espaço reservado para termos desconhecidos e a exibir os resultados mais adequados (por exemplo, digitar “* ganhou Oscar de *”, por exemplo, retornará resultados sobre diferentes ganhadores do Oscar.


4- Colocar o sinal de adição (+) antes de uma palavra – sem adicionar um espaço – informa ao serviço que você está buscando resultados idênticos àquilo que digitou (colocar palavras entre aspas funciona do mesmo jeito).


5- O Google considera todas as palavras em uma pesquisa, mas usar o operador OR faz com que qualquer uma das palavras pesquisadas retorne resultados. Por exemplo, “campeão brasileiro 1994 OR 2005” retornará resultados sobre qualquer um desses anos, ao passo que “campeão brasileiro 1994 2005” (sem OR) irá retornar links que incluam ambos os anos na mesma página (note que, nesse caso, OR deverá ser digitado em maiúsculo).


6- Palavras de uso comum, como “a”, “um” e “de” (stop words) são geralmente ignoradas, mas pesquisar “a fazenda” provavelmente trará links relacionados ao programa de TV, enquanto que consultar “fazenda” trará informações sobre o Ministério da Fazenda.


7- Por padrão, os sinônimos podem substituir algumas palavras em sua consulta original (adicionar o sinal de + antes de uma palavra os desativa), mas a adição de sinais gráficos a termos comuns com significados específicos (C++ ou C#, por exemplo, que são nomes de linguagens de programação) não será ignorada.


8- O cifrão ($) é usado para indicar preços (“nikon 400” e “nikon $400” trarão resultados diferentes), e a união de duas palavras por hífen (-) pode sinalizar ao programa que elas estão intimamente relacionadas (desde que não haja espaço antes ou depois do hífen, pois, nesse caso, ele será interpretado como sinal de subtração).


Uma ótima semana a todos e até amanhã, se Deus quiser.
Postar um comentário