segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

O CANTO DO CISNE E A SUCESSÃO DO WINDOWS XP.

A DEMOCRACIA É UM ERRO ESTATÍSTICO, POIS A MAIORIA QUE DECIDE É COMPOSTA DE IMBECIS.

O fiasco do Vista fez do XP a mais longeva edição do Windows, que conta com mais de doze anos de bons serviços prestados e só perde para o Seven em número de usuários (confira no gráfico à direita). Isso sem mencionar que ele, XP, também é utilizado pela maioria das instituições bancárias e está presente em 95% dos caixas eletrônicos existentes no mundo, como base para rodar o software de interação com os clientes.
Enfim, como não há mal que sempre dure nem bem que nunca termine, esse velho guerreiro deixará de ser suportado pela Microsoft a partir do dia 08 de abril próximo futuro, deixando-nos três opções:
  • A primeira é manter o XP SP3, ainda que isso implique em redobrar os cuidados em relação à segurança, já que não haverá mais atualizações e correções para novos bugs e brechas. Por outro lado, considerando que a progressiva redução no número de usuários – que inevitavelmente irá ocorrer – deve torná-lo (também progressivamente) menos visado pelos cibercriminosos de plantão.
  • A segunda é migrar para o Windows 7, já que, como dito, o Vista foi um estrondoso fracasso. Aliás, essa seria a opção ideal, conforme a gente já comentou em outras oportunidades, mas como a Microsoft quer porque quer popularizar o Eight (até porque o Nine deve ser lançado já no ano que vem), a oferta do Seven, tanto em mídia quanto pré-instalado, vêm caindo vertiginosamente. Em último caso, o jeito é comprar um PC com o Eight e partir para um downgrade (para mais informações, clique aqui).
  • O terceiro, mais tortuoso, é abandonar o Windows e adotar o Mac OS ou uma distribuição Linux (como o Ubuntu, por exemplo), como veremos em detalhes numa das próximas postagens.
Abraços e até lá.
Postar um comentário